Página principalRecursosBlogueGestão de Frotas: A Arte de gerir pormenores
2 minutos para ler

Gestão de Frotas: A Arte de gerir pormenores

Por João ChitasJanuary 31, 2020

Um quilómetro aqui, um quilómetro ali

Um dos pormenores a que um gestor de frotas deve estar irremediavelmente atento, é sem dúvida o caso dos desvios de rota, mesmo que se trate de um pequeno desvio. Este tipo de episódios, quando somados, podem representar um elevado prejuízo para a sua empresa. Cada quilómetro a mais representa desperdício de tempo e de combustível, sendo que isso afeta a eficiência e sustentabilidade do seu negócio.

Com a plataforma de localização e gestão de frotas por GPS Reveal poderá acompanhar a atividade das viaturas da sua empresa e identificar episódios de desvios de rota comprometedores. Identifique quilómetros excessivos que representam desperdício de combustível. A plataforma Reveal permite-lhe, através da funcionalidade reprodução de rota, verificar as rotas seguidas pelos seus motoristas.

A sua frota pode decidir-se em segundos

A atividade da sua frota automóvel não para depois das 18h, não para depois de sexta feita? Bem, nesse caso, não faz sentido que tenha de estar acorrentado à sua secretária e ao seu escritório para conhecer a atividade das suas viaturas. Também não faz sentido que fique completamente desinformado durante este período, ou que esteja em constantes chamadas telefónicas para obter as informações de que necessita (a sua família de certeza que não iria gostar).

O que pode fazer?

A aplicação móvel do sistema Reveal (saiba mais) permite que os gestores de frota tenham a possibilidade de aceder à plataforma de gestão de frotas a partir do telemóvel, podendo assim estar em constante contacto com a atividade da frota no terreno. E como os problemas e oportunidades, muitas vezes, não pedem licença, é importante que esteja em cima do acontecimento, sem que isso signifique estar em frente ao computador.

 Almoços e não almoooooços …

O que significam 10 minutos? Um café, um snack, uma peça de fruta, dois dedos de conversa, chegar atrasado a um cliente (ups). Os atrasos acontecem, e apesar de indesejados, devem ser compreendidos. Imagine que um colaborador tem um assunto pessoal que o obriga a parar 10 minutos, só pode ser compreensível. Mas o que já não é assim tão compreensível, são tempos de pausa excessivos de forma recorrente.

Imagine que, num mês com 20 dias úteis, se verifica a ocorrência de tempos de paragem excessivos. Imagine que esses 10 minutos ocorrem em cada um desses 20 dias (talvez até estejamos a ser otimistas). Estamos a falar de mais de duas horas de pausas excessivas e improdutivas. São pormenores…

Com os relatórios de atividade do Reveal poderá identificar o histórico de viagens dos seus colaboradores, podendo determinar a hora de inicio e fim de viagem, o tempo de paragem e tempo de circulação. Esta análise poderá dar-lhe indicadores valiosos para que possa compreender a forma como o horário laboral da sua equipa está a ser utilizado. Os tais 10 minutos podem fazer a diferença entre chegar a horas ou atrasado a um cliente, sendo que isso pode significar muito.


João Chitas

João Chitas, Marketing Specialist na Verizon Connect


Etiquetas: Gestão de Equipas

Poderá gostar de

Ver tudo