Página principalRecursosBlogue3 sinais de que a sua frota pode estar em sub-rendimento
Icon clock 2 minutos para ler

3 sinais de que a sua frota pode estar em sub-rendimento

Por João ChitasFebruary 10, 2020
1581341069 adobestock238559049

Avaliar o seu negócio com precisão e identificar as áreas onde as melhorias são mais urgentes pode ser um verdadeiro desafio. Por isso, aqui ficam alguns sinais que podem revelar que a sua frota necessita de uma mudança

1. Não consegue perceber a razão pela qual as coisas estão como estão

Todas as empresas compreenderão este ponto, especialmente as empresas que têm a responsabilidade de gerir equipas de trabalho móveis e viaturas de uma frota automóvel. Ainda assim, é essencial que os responsáveis de gestão consigam saber exatamente aquilo que está nos “bastidores” dos seus negócios, independentemente de se tratar de uma situação que origine uma descida dos lucros ou uma explosão súbita de novos negócios. Os dados são uma ferramenta essencial para os gestores reunirem os indicadores necessários para melhorarem o seu processo de tomada de decisão.

 2. A medição é uma reflexão à posteriori

Provavelmente já terá ouvido o seguinte ditado, “ não se pode medir o que não pode ser medido “ que certamente terá algum tipo de mensagem subliminar para a forma como gere as suas viaturas e equipas de trabalho no terreno. Os gestores responsáveis por monitorizar equipas de trabalho móveis, enfrentam um conjunto de fatores externos singulares que produzem um impacto efetivo nas suas operações. Ignorar os desafios e esperar que os seus colaboradores otimizem o seu tempo e a sua agenda por autodeterminação, pode ser um erro bastante perigoso.

Já é hábito assistir-mos às verdadeiras batalhas que os gestores travam frente à conotação negativa associada à localização dos seus ativos (incluindo colaboradores), assumindo instantaneamente que o principal objetivo destas ferramentas é apanha-los em falso e arranjar-lhes problemas. A verdade é bastante diferente deste cenário negro que acabámos de traçar, já que o objetivo passa por melhorar as comunicações entre colaboradores e gerência, recolhendo indicadores de atividade que possam ajudar os gestores a melhorar os seus negócios, tornando-os mais seguros e mais lucrativos do que aquilo que estão a ser no momento. (Conheça os Relatórios de Atividade do Reveal

3. O desconhecimento faz parte

O lucro não deve ser a única preocupação de um gestor. Assegurar que a comunicação com os colaboradores relativamente à sua importância para a reputação e produtividade da empresa, por exemplo, é um enorme contributo para a missão da empresa uma vez que potencia o sentimento de pertença e lealdade. Para que possa criar uma equipa de trabalho envolvida, assim como uma cultura de responsabilidade, terá desenvolver uma relação de parceira, de forma honesta com os seus colaboradores.

Diga adeus ao sub-rendimento !!

Pode parecer assustador, mas a verdade é que a forma transparente como aborda os desafios do seu negócio e da sua indústria é determinante para reunir os seus colaboradores em torno desses desafios, podendo assim atingir as principais metas do seu negócio. Alcançar o sucesso num ambiente de constante mudança e evolução, requer uma gestão proativa, capaz de acompanhar as tendências e de decidir com rapidez e eficácia através das ferramentas de gestão disponíveis, dos seus colaboradores e equipamento, através da eficiência e do lucro, sendo que a forma mais indicada para o fazer é, adivinhe, através das informações que consegue recolher sobre o estado atual das suas viaturas e equipas de trabalho.


1575539990 joao pedro chitas
João Chitas

João Chitas, Marketing Specialist na Verizon Connect


Etiquetas: Gestão de Equipas